19.1.11

Destinatário:
Ao sol que vimos nascer na praia.
Aos sapatos levados nas mãos.
Ficou na memória e certamente no coração.. aquele dia na praia.




Mas to me divertindo. Não é isso que mandam a gente fazer?


***
Tati. B

7 comentários:

  1. a descrição me fez sentir a brisa que a alegria mandou trazer

    beeeeeeeeijo

    ResponderExcluir
  2. .

    Mari, minha querida.

    Não tem problema. Também fiz a mesma pergunta em outros blogs, ninguém soube responder.
    Creio que a frase seja mesmo da Clarice, como te disse:li num livro dela.

    Também já me perguntaram sobre frases do Caio e eu não consegui encontrar em lugar nenhum.rsrs
    É que muitas vezes se coloca na net textos ou frases com autoria errada.

    Essa mesma que te perguntei, procurei detalhadamemte nos quatro livros que tenho do Rosa e ao menos neles não encontrei.

    Agradeço sua atenção.

    Seu blog está show!

    Beijo grande!

    .
    .

    ResponderExcluir
  3. Passando pra avisar,
    tem selinho pra tii,
    lá no meu cantinho:
    http://meninaapenas.blogspot.com/2011/01/selinho-e-mais-selinhos.html

    Seu Blog está cada vez melhor'
    amoo tuas postagens,
    beijo meu,
    Lilly M.

    ResponderExcluir
  4. Olá, desculpe me intrometer assim no seu blog.
    Só gostaria de dizer que lhe indiquei para o "selo de qualidade" pois gosto muito de seu blog.
    Basta pega-lo nesta página:http://manuabrao.blogspot.com/
    E seguir as regrinhas para passa-lo adiante.
    Parabéns pelo blog (:

    ResponderExcluir
  5. Primeira vez por aqui e me encantei, sua sinceridade e emoção de cada postagem, deixa o leitor pensativo,e com vontade de quero mais.

    beijos, bom final de semana...
    se puder passa lá no meu cantinho
    tatapalavrasaovento.blogspot.com

    Parabéns pelo blog.

    ResponderExcluir
  6. Amei este lugar.
    Virei aqui sempre.
    Cartas me encantam.

    ResponderExcluir
  7. É, sem dúvida ficou na memória aquele dia na praia :X
    Blog maravilhoso ;)

    ResponderExcluir

- E o que você faz com as cartas que escreve?
- Guardo. A sete chaves. Um dia talvez possa
entregá-las pessoalmente.

Caio F.